Uma nova trajetória começa aqui

Por Jornalista Guilherme Kalel – 07/07/2020

Hoje, 7 de julho, o dia é especial
há muito para se recordar e ao mesmo tempo, comemorar nesta data.
São 13 anos de historias contadas, relatadas em páginas e mais páginas
apesar de muitas coisas terem mudado ao longo de todo esse tempo, o fato que não muda é a dedicação com que contei cada uma dessas historias.

Sempre me envolvi em cada Pauta desenvolvida ainda que não por mim,
acompanhei o apurar dos fatos e seu desenrolar,
incentivei meus colaboradores a correrem atrás da notícia
mas também eu corri.
Sempre que uma historia chegou as minhas mãos ou a meu conhecimento,
fiz o que pude a divulga-la, e amplamente informar as pessoas sobre o ocorrido.

O trabalho que eu escolhi por fazer não é algo que possamos dizer ser fácil,
ser Jornalista exige, as vezes muito de você.
Ainda que as vezes as pessoas possam pensar o contrário, você trabalha, e muito.
Com dor, sem dor, com o mundo em crise ou no meio do caos.
Enfrenta as dores e as incertezas,
encara os medos e traumas,
para fazer aquilo que se disponibilizou a fazer.
É uma paixão, e quem faz Jornalismo, faz por vocação.
Não adianta, se a pessoa não tiver o dom e não for comprometido com o trabalho, não dá para se dedicar a ele.
Porque você tem que estar ciente,

Jornalista não tem sábado, domingo ou feriado.
As vezes fica sem natal, ano novo, e tem pouquíssimas horas de descanso por noite.
As vezes nem descansa, vira a noite fica em claro, cobrindo um evento importante ou uma Pauta de última hora.
Os verdadeiros Jornalistas são assim,
eles se dedicam de corpo e alma, e as vezes dormem pensando em algo, com uma matéria pronta,
e quando acordam horas depois, são obrigados a mudar todo o cronograma.

Há 13 anos eu escolhi essa vida.
Não me arrependo e nunca me arrependeria.
E se tivesse de escolher outra profissão, seria Jornalista.

Hoje, assim como há 13 anos atrás iniciei uma carreira, também inicio novos projetos.
Este espaço, foi reformulado para abrigar parte desses projetos.
O Portal Informe Franca e a Revista G7 Press, marcas que criei, e transformei ao longo do tempo, passam a fazer parte do guarda-chuva do Informe Post.
Uma empresa fundada, com o objetivo de gerenciar melhor as marcas centralizando seus desenvolvimentos e necessidades.