Pai

Por Jornalista Guilherme Kalel

09/08/2020

Hoje, estamos adaptando-nos a uma nova rotina e a novos tempos.
Até o ano passado, uma data como o dia dos pais, era sinônimo de troca de presentes, de lembranças e mais do que isso, de muitos abraços.
Porque é o dia em que, nós homenageamos aqueles que temos como nossos heróis.
Que nos ajudam a enfrentar mais que as dificuldades da vida, mas os nossos medos.
Encara-los de frente, com a certeza de que poderemos os vencer no final.
Hoje, estou distante de meu pai.
Mas através desta postagem, venho relembra-lo.

E relembrar também, minha profunda admiração, carinho, amor.
Pela pessoa mais correta, honesta, trabalhadora e dedicada, que eu já conheci.
Um espelho, para que eu possa ser para os meus filhos, o que ele é, e sempre vai ser para mim.
Exemplo, determinação.

Ser pai é uma dádiva de Deus,
é um Dom que aceitamos,
é uma honra que recebemos.

Ser pai é um gesto de amor,
é corrigir com definição,
é saber por alguém num caminho, numa direção.

Ser pai é ter grandes preocupações,
viver repleto de dúvidas e incertezas,
e aprender todos os dias uma coisa nova.

Ser pai é amar incondicional,
sentimento sem igual,
que passa a habitar dentro de nós.

Do exato momento em que seguramos aquele pequeno ser em nossos braços,
ao instante de ver ele transformado num ser humano de caráter,
é um misto de sensações e realizações.
Um sonho, que muitas vezes se realiza sem que saibamos os propósitos.
Para alguns, sem planejamento é verdade,
mas que para todos tem algo em comum.
Todos nós pais, não gostaríamos de ter um outro presente em nossas vidas, que não fossem os nossos filhos.
E faríamos o que fizemos por eles, tudo outra vez, quantas vezes forem necessárias!

Feliz dia dos pais a todos,
especialmente ao meu.